Uma  quinta vista  de fora para dentro

Uma

quinta vista

de fora 

para dentro

MUSEU — EXPOSIÇÃO TEMPORÁRIA
03
Fev

12
Mai
2024

Cores Vistas

de Dentro

para Fora

Caminhada sem sentido único, entre as múltiplas paisagens criadas por quinze artistas e absorvidas para o interior do museu, com curadoria de Maria de Fátima Lambert.

+ INFO

+

Cores Vistas de Dentro para Fora
Exposição da Coleção
Exposição da Coleção

Exposição da Coleção

Uma porta de entrada para o ambiente íntimo que espelha o investimento cultural da Colecionadora Maria de Fátima Gramaxo - pintura de diferentes períodos artísticos e artes decorativas, a partir da seleção e do olhar do Arquiteto Álvaro Siza Vieira.

+ INFO

+

Parque

Um pulmão verde no coração da Maia com mais de 8 hectares e de acesso livre corta a malha urbana e abre um espaço de respiração para sentir-se parte da natureza, cuidar da terra e do corpo, plantar e regar a comunidade em redor.

+ INFO

+

Parque

Agenda de Atividades

Categoria

Categoria

Exposição
Eventos
Concerto
Conversa
Oficina Infantojuvenil
Oficina Família
Oficina Artística
Atividades no Parque

Aplicar

Exposição
Eventos
Concerto
Conversa
Oficina Infantojuvenil
Oficina Família
Oficina Artística
Atividades no Parque
Projeto

Lorem ipsum dolor sit amet

Equipa
Bilheteira
Quando e como chegar
Contactos
Projeto

Uma quinta vista de fora para dentro e de dentro para fora

Localizada na Quinta da Boa-vista em pleno centro da Maia, a Fundação Gramaxo (FG) pertence à família Gramaxo desde o século XVII e preserva o passado rural, mantendo as várias construções originais — o Solar (casa privativa), a Eira e Casa da Eira (Alfaias agrícolas), o Espigueiro, a Casa dos Caseiros, a Vacaria, a Casa dos Coches (Barracão), o Coreto. O amplo Parque da propriedade sobreviveu à pressão imobiliária e carrega a memória dos antigos campos de cultivo agrícola.


Com o desejo de abrir este lugar privilegiado à comunidade, em particular aos maiatos, e de fomentar as artes e a cultura, em 2013 é constituída a Fundação Gramaxo. Configura-se a ideia para a construção de um Museu, com autoria do Arquiteto Álvaro Siza Vieira, concluído em 2021. O Museu alberga segmentos da Coleção Maria de Fátima Gramaxo, disponibilizando, ainda, uma rede de espaços que acolhe exposições temporárias e um auditório.

Em 2024, sob a direção de Jorge Gramaxo, a FG reabre com novo projeto artístico desenvolvido a partir de três eixos orientadores: Colecionismo, Artes e Arquitetura; Pensamento e Mediação Cultural; Natureza e Qualidade de Vida.


Quem visita a FG deixa-se surpreender por encontros felizes, diálogos suscitados pela envolvência material e natural e uma história feita de episódios e memórias que se adivinham. Assim como a terra, a criatividade e a imaginação também se cultiva através de oficinas para crianças, jovens e adultos, conversas, concertos, espetáculos. E como toda a matéria-prima nos é oferecida pela natureza, da agricultura de origem — da palavra e do lugar — transforma-se a cultura, rega do corpo e do espírito, o que de melhor podemos ser e fazer enquanto seres vivos e humanos. Quem habita a FG também a constrói, sustentando uma troca entre a esfera do passado íntimo de uma família maiata que se abre e projeta a um futuro que é comum.


Sejam todas/os muito bem-vindas/os!

Projeto

Visitar

exposições,
arquitetura e parque

Projeto

Cultivar

oficinas, conversas e performances

Projeto

Regar

atividades
na/da natureza

+

Saber Mais

FG —MUSEU
Rua Conselheiro Costa Aroso, 601, 4470-590 Maia

FG — PARQUE
Rua Nossa Senhora de Bom Despacho 1936, 4470-639 Maia